Fortaleza dos Reis Magos: Beleza e importância histórica

Construída sobre os arrecifes com cal, óleo de baleia, bronze e grandes blocos de granito em 1598, pelos portugueses, a Fortaleza dos Reis Magos foi responsável pela proteção da cidade do Natal naquela época. O nome escolhido para o local foi em virtude do início de sua construção ter ocorrido no dia 06 de janeiro, data em que se comemora o dia de Santos Reis.

                Localizada em um ponto estratégico, às margens do Rio Potengi e do Oceano Atlântico, a fortaleza já foi palco de grandes batalhas. Seu formato de estrela permitia que abrigasse canhões em suas cinco pontas, facilitando assim, defender-se de possíveis ameaças que viessem de diferentes direções. O arquiteto responsável pelo projeto foi Gaspar de Samperes, que era também o padre da missão portuguesa.

                Entre 1630 e 1654, a Fortaleza foi dominada pelos holandeses e posteriormente retomada pelos portugueses. Além desse episódio, a fortaleza teve presença histórica em outros momentos, tendo sido usada como prisão pelos portugueses para confinar os que tentavam a Independência, e a seguir pelos brasileiros para confinar os rebeldes portugueses. A História é contada com riqueza de detalhes pelos guias que trabalham no local.

 

                Atualmente, a Fortaleza dos Reis Magos funciona como um museu, onde o turista tem acesso ao marco do descobrimento do Brasil, além de conhecer onde funcionavam alojamentos, prisões, e uma capela com poço de água doce da época em que o local foi utilizado pelas forças portuguesas.